segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Protesto contra a pesca criminosa...

Peixe-Viola, Raia Viola, Cação Viola, nomes vulgares para um peixe ameaçado de extinção, São José do Norte, RS, 2013.
Resolvi dar uma atenção especial para este problema que atinge o litoral brasileiro, sigo mais uma vez publicando fotografia de um peixe viola, exemplar que imaginei ter em torno de 10-11 kg, moribundo que chega a costa. Este problema não é acidental tendo em vista que são dezenas, talvez centenas de peixes que chegam a costa na região de São José do Norte. Na região praticamente não ocorre fiscalização, de outra forma não apareceriam milhares de cabeças de violas e alguns exemplares inteiros na beira da praia. Pescadores profissionais catarinas observam pescadores amadores... quando estes capturam a viola acidentalmente, sabem que o local esta propício a pesca de cerco. Entram com canoas e lançam centenas ou milhares de metros de rede na água, arrastam tudo para a beira da praia. Isto também chama a atenção de embarcações maiores que fazem também arrasto ou outros tipos de pesca ilegal na costa, matando dezenas de peixes protegidos por ameaça de extinção. Destino do peixe? Vendido em todas as peixarias do Brasil, de forma fraudulenta com nome de outras espécies. Vc comprou cação? Talvez fosse viola... existe uma multa alta para isto, também pode acabar em prisão... e de verdade, é um crime inafiançável. ok? Percebendo este problema, chame quem puder, o IBAMA, patrulha ambiental, a igreja católica, mas não deixe passar batido. Será o fim da espécie em curto prazo de tempo...
Sempre que pescar acidentalmente, solte o peixe! Pescar o peixe sem querer não é crime, mas matá-lo sim!

sábado, 15 de fevereiro de 2014

A Viola e o fim dos tempos...

Rhinobatos horkelli, Muller e Henle, 1841.
Teve um período de minha história pesqueira em que eu me contentava com papaterras. Posso dizer que até nos dias de hoje o papaterra é um dos meus preferidos, depois dos burriquetes, que são igualmente vigorosos porém de porte maior. Contudo, durante um bom período eu pesquei a viola sem imaginar que ela seria ameaçada pela pesca predatória. Por muitas vezes, em locais fartos de peixes, juntamente com amigos, vi parelhas de barcos, arrastos a uma distância inferior a permitida. Evidentemente, se pescávamos este peixe a 150 metros, ou muito menos, da beira da praia, estavam também sendo capturadas a uma distância onde os barcos realizavam a pesca destrutiva e predatória. Algumas vezes vi dezenas de cabeças deste peixe na beira da praia. Já vi também peixes inteiros, que haviam morrido horas antes. A certeza é de que uma parte dos peixes pescados pelos barcos correspondia também a um número de peixes feridos que vinham morrer horas depois. O sistema de pesca com rede é a forma mais cruel e irresponsável de capturar peixes. Principalmente se tratando de um tipo qualquer que impede a devolução com vida de animais como lobos-marinhos, tartarugas, toninhas e outras espécies protegidas na atualidade, tais como a viola. Um dia, sei que todos nós, cidadãos, pescadores amadores e profissionais, também funcionários públicos, inclusive do IBAMA, iremos nos arrepender desta falha tentativa de proteger animais ameaçados de extinção. Até me recordo de uma oportunidade, quando eu e um amigo, denunciamos uma embarcação através do disque denúncia e ao fim do contato telefônico com a atendente do IBAMA ela nos disse: "Senhor, temos 30 dias para apurar os fatos!"
Naquele momento ficava garantida a ineficiência da Instituição Federal que deveria proteger a fauna e flora brasileira, as riquezas do país. 
Continuo pescando... eu pesco para me divertir e para comer o pescado junto da família, já que a qualidade do peixe que chega as mesas brasileiras é praticamente um refugo do que não é exportado. Isto ninguém pode evitar... comprar peixe no Brasil é um desafio, mais um! Nos meses de novembro, dezembro e janeiro, eventualmente capturo alguma viola, solto-as. Puxo para fora da água, retiro o anzol, passo a mão no peixe como se estivesse me despedindo e devolvo na água. Fico observando o peixe retomar sua casa em busca do seu ciclo necessário ao planeta. Não posso evitar que o peixe morda meu anzol, estou pescando outras espécies, mas eu posso garantir a liberdade ao peixe. Fiz isto com dezenas, talvez centenas de peixes, incluindo corvinas,  burriquetes, papaterras, arraias, peixes de tamanhos variados. Posso dizer que a sensação de avaliar o correto do momento e completar a devolução do peixe as águas é tão gratificante quanto a própria captura. Se nós tivéssemos a cultura de pescar e soltar a partir do terceiro peixe, a mero exemplo, hoje não estaríamos com tantas espécies ameaçadas. E posso garantir a quem quiser... a responsabilidade deste final é de todos. Seja ela da ação consciente ou da ignorância, ela pertence a toda sociedade como responsabilidade e culpa. Quantas vezes vi carne de viola sendo vendida em restaurantes e supermercados? Após a proibição em 2004, no ano passado, ou seja, quase 10 anos de proibição, encontrei por cerca de 5 vezes o peixe proibido. Na pergunta que fiz a um dono do restaurante, disse-me ele: Eu compro viola importada, comercialização protegida pela lei. É o que eles dizem... eles sempre tem uma resposta para justificar a morte de peixes protegidos. Saiba vc que a viola é um peixe nosso, exclusivo da costa do Brasil e Uruguai, e a maior incidência deste peixe nas águas brasileiras é no litoral gaúcho. Nossos peixes estão sendo exterminados e as pessoas não sabem... pq o governo não quer, a mídia ignora, as pessoas não querem deixar de comer este peixe, e a indústria do pescado não quer "largar o osso"! Isto tudo fará mais sentido brevemente, dentro de alguns anos, quando a viola praticamente estiver extinta, assim como o cação fiuza, tal bico doce (sem dentes), que hoje é praticamente uma lenda! Seja bem vindo ao início do fim...

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Já que não sai pescaria... faço camarão!


O foco aqui não é culinária, mas o assunto é paralelo do pescado... então tá valendo! Fiz uma publicação no Diário do Andarilho.com, quase um passo a passo de como preparar um camarãozinho com molho branco. Então tá valendo a dica... segue o link: Camarão ao molho branco